20/10/09

Olhar de novo o nosso Bairro!



Agora pela objectiva do meu amigo Luís, vamos de novo dar uma volta pelo nosso Bairro de S. Paulo. Iremos recordar locais que nos foram muito queridos há muitos anos atrás. O que se irá ver não é mais que um recordar. Saber que andamos nestas ruas e vê-las já é bom.

De Luanda, em pesquisa na net, só temos a baía, a Ilha, o Mussulo, os Combatentes e pouco mais. O resto era paisagem. Com estas fotos voltámos a percorrer as nossas ruas (como acontece no tema anterior), as ruas de hoje mas que fazem parte do tempo em que as acácias floriam sobre o nosso olhar.

Ao som de Shegundo Galarza, "Canção de Angola", voltemos então ao nosso Bairro, à nossa Igreja e aos locais onde fomos felizes.



Tudo de bom!

Fotos tiradas em 2008

4 comentários:

Laura disse...

Moço, desta vez a saudade não entrou detestei, tanto lixo e tanta imundicie, bolas, que fizeram da nossa terra amada? isso? mais vale esquecer...até a dos Pombeiros está irreconhecivel...só lixo, lixeira, lixarada e com isso, fiquei mesmo lixada de todo...
Gosteid e ver, mas detestei evr ao mesmot empo..É a vida e jamais teremos a oportunidade de voltar a ver a nossa terra da mesma forma que viamos, com outros olhares...Um abraço da garota de S. paulo...

Leão Verde disse...

Olá mano,
mais um tema teu agora debruçado para "novos olhares sobre o actual ex-"nosso" bairro". Aqui fica mostrado, para quem ainda tinha algumas duvidas, de que África é assim e obviamente Angola/Luanda/Bairro S. Paulo não poderia contrariar esse "modus" de estar e de viver dos africanos no seu meio ambiente, no seu habitate. Se é assim, que assim seja. O que quer dizer que neste assunto discordo da não "visão" que a Garota de S.Paulo tem sobre essa realidade, que não é nova, mas sim velha de séculos. Veja-se como ficaram todos os países africanos que ao longos dos anos se foram libertando do chamado colonialismo europeu, embora agora estejam sujeitos ao neo-colonialismo africano. Mas sempre foi agradável ver de novo ruas por onde andamos e estabelecimentos da nossa infância, nesse ex-bairro de S.Paulo que, tanto quanto penso, agora está agregado e inserido na "comuna Bairro Operário". Recordar, entre outras, a entrada do portão onde ficava a Fábrica Vilares (chocolates e afins) onde trabalhaste e que mais tarde deu lugar à oficina do nosso pai "Auto Portuense" (onde trabalhei) e vislumbrar ao lado a que era a vivenda do Dr. Rui Coelho; a Foto Beleza dos nossoa amigos Mário, Henrique e Fernando; a casa dos bolos ao lado do Bar América que penso que se chamava "Docerina" e era da D. Iracema e de entre outros fabricava uns mata-fome que eram uma delicia; o Café Mariazinha, da própria, sr. Hermenegildo e filhos Carlos e Luisa; o Chiado de S.Paulo da familia Abreu (sr. Abreu e D. Vitália e os filhos nossos amigos Nelson, Fátima [a do Wander]e Rui; o prédio Suba onde se situava a Electro Montadora e onde morreu no elevador +- em 1963 a Fátima Oliveira que teria uns 11 anos de idade; o local onde se situava a Foto Adriano do Jorge Adriano, que faleceu acerca de três anos, e tantos outros locais que essas imagens de agora não conseguem de forma alguma apagar as nossas recordações de outrora. E é nesta nova perspectiva que se tem que ver todo esse conjunto de fotos com que construiste o tema "Olhar de Novo o Nosso Bairro". Num outro aspecto tens razão, é que Luanda não era só marginal, baia e praias que é aquilo que sempre se encontra quando se pesquisa imagens sobre Luanda. Luanda era alicerçada em todo o conjunto dos seus bairros que iam desde a Boavista até à Corimba, da Ponta da Ilha até ao Bairro do Cazenga.
Um grande abraço e como sempre
Saudações e Inté
Leão Verde

luis disse...

amigo marius um grande abraço
estas fotos do colonial me fizeram recordar quando eu para ganhar kumbo para a matine vendia revistas ali mesmo no passeio em frente ao cin
belos tempos
um abraço

Anónimo disse...

Marius, encantado com tudo o que diz respeito a Angola,saudade, é a palavra,fui com 9 anos no Pátria,saí definitivo, em 99,vi muita coisa antes e após in.Vivo em Salvador/Brasil, e todos os dias vejo tuas páginas.Meu email: martinhoss2009@hotmail.com De momento vai anónimo, um forte abraço.inté caté e até.